Domingo , 20 Agosto 2017
Capa > Perfumes Femininos > Tudo que você precisa saber sobre perfumes

Tudo que você precisa saber sobre perfumes

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

A história do perfume nasceu no Egito por volta de 2000 a.C. com os unguentos aromáticos que eram conseguidos através da mistura de água, ervas, plantas e flores diferenciadas. Os grandes utilizadores como pode se supor eram os farós e a elite que o cercava. Os egipcios também utilizavam perfumes e fragrâncias como oferenda aos deuses, sendo um instrumento de conexão com o sagrado, eles acreditavam que os deuses deviam ser louvados por substâncias aromáticas que emanavam de madeiras e resinas queimadas. A origem do nome Perfume, vem do latim “pela fumaça” e deste ato de queimar madeiras e  resinas para honrar o sagrado.

Com o passar dos séculos o perfume e a forma de produção foram evoluindo até descobrirem que a mistura de óleo e ervas ou pétalas amassadas resultavam numa mistura forte que poderia ser reformulada de modo que se conseguisse o perfume em forma líquida. Deu-se então o processo de destilação que é utilizado até os dias de hoje. Um perfume pode conter até 300 matérias-primas diferentes, por aí pode-se ver quantas combinações podem ser feitas na elaboração de uma fragrância.

Desde o antigo Egito que o perfume tem o poder de mexer com os sentidos do ser humano de tal forma que os aromas passaram a ser também utilizados na aromaterapia (ramo da fitoterapia que consiste no uso de tratamento baseado no efeito que os aromas de plantas são capazes de provocar no indivíduo). A aromaterapia utiliza óleos essenciais em massagens, loções, cremes e outros tipos de veículos com o objetivo de tratar várias enfermidades e desequilibrios físicos e mentais. É considerada uma terapia alternativa,  devendo ser empregada com cautela e apenas por um profissional capacitado.

aura-swarovski

Aura Swarovski

Curiosidades sobre Perfumes:

* Muitos perfumes famosos que ainda hoje são comercializados foram criados há muitas décadas como por exemplo o perfume Acqua di Parma Colonia de Acqua di Parma no ano de 1916, N°5 de Chanel criado em 1921, L’Air du Temps de Nina Ricci no ano de 1945, Cabochard de Parfums Grès no ano de 1959, Opium de Yves Saint Laurent em 1977, Organza de Givenchy em 1996, etc.

* O perfumista é o profissional responsável pela criação de diversas fragrâncias e necessita ter graduação em química ou em farmacêutica para poder conhecer, entender, e saber criar diversas combinações entre os mais váriados elementos químicos.

* Os primeiros perfumes foram produzidos no Egito.  Cléopatra foi a primeira mulher a utilizar o perfume como arma de sedução. A famosa rainha tinha por hábito untar as mãos com uma mistura feita a partir de óleo de rosas, violeta e açafrão e costumava receber seu grande amor Marco António deitada sobre uma cama repleta de pétalas de rosas vermelhas.

* No império Romano os ricos tinham as solas dos pés perfumadas por escravos e os soldados romanos antes de saírem para o combate usavam perfumes feitos com especiarias e ervas aromáticas. Até os cavalos eram perfumados.

* O primeiro perfume à base de álcool foi elaborado especialmente para a rainha Elizabeth da Hungria, no ano de 1370.

* Florença, teve seu ápice de fama e prestígio durante os séculos XIV e XV, tendo a Officina Profumo di Santa Maria Novella liderada por frades dominicanos que iniciaram a produção de essências, pomadas, bálsamos e outras preparações medicinais.

* O famoso rei da França, Luis XIV, conhecido como “Rei Sol”, era um grande apreciador de fragrâncias, tinha um perfume para cada dia da semana e todos os seus perfumes eram produzidos em Grasse, no sul da França.

* Madame Pompadour, amante de rei Luis XV da França, banhava-se com sabonetes especiais, feitos especialmente para ela. A Bela Pompadour era considera como uma das mulheres mais perfumadas da Europa, dado ao fascínio que tinha por óleos essenciais, pomadas para perfumar os cabelos, sabonetes especiais feitos com as mais ricas especiarias e por ser uma grande apreciadora de difusores de aromas que utilizava em seus aposentos.

Principais Famílias Olfativas dos Perfumes:

Cítricos Florais, Florais Aldeídos, Fougère, Chipre Florais, Orientais Florais,
Couros Secos, Aldeídos Florais, Aromáticos Secos e Frutados.

j-adore-perfume

J’Adore de Dior

Classificação dos Perfumes:

Notas de Saída (Cabeça): Refere-se as primeiras sensações que temos quando abrimos o frasco do perfume, ou quando o colocamos em nossa pele. São notas voláteis e frescas como limão, bergamota, laranja, lavanda etc.

Notas de Coração (Corpo): É a sensação secundária que temos, é o tema principal da fragrância, e é os aroma que sentimos após uma ou duas horas de utilização do perfume sobre a pele. São notas mais encorpadas como as de
flores, folhas e especiarias.

Notas de Fundo (Base): É o último acorde a ser percebido e o que permanece por mais tempo em nossa pele, é aquele cheirinho que fica após 8 ou 10 horas após termos passado perfume sobre a pele. São notas densas, como as de resinas, de madeiras e as de origem animal.

Veja abaixo um vídeo da Natura sobre caminhos olfativos:

viktor-rolf-flowerbomb

Viktor & Rolf Flower Bomb

O que saber sobre perfumes:

* Nem sempre o mais caro é o melhor.

* Nem sempre o frasco mais lindo contém um perfume de qualidade.

* Exibir seus frascos de perfume pode alterar a cor e o cheiro do mesmo, por isso prefira guarda-los num local escuro e longe da umidade.

* Frascos vazios para além de perpetuar em sua memória um perfume que você utilizou, pode também ser reciclado e se transformar num belo adorno para sua casa.

* Ao procurar um perfume para comprar, entre na loja, peça para experimentar o perfume, passe em sua pele e vá dar uma voltinha de meia hora para que o aroma “assente” em sua pele e você possa ter certeza de que realmente gosta do perfume e não está fazendo apenas uma compra pelo impulso do momento. Muitas vezes as notas iniciais que tanto gostamos, não é o resultado que esperamos depois de uma hora.

* O perfume que você adora sentir em sua melhor amiga, nem sempre ficará igual na sua pele, já que cada tipo de pele reage diferenciadamente ao contacto com o perfume. Cor de pele, temperatura, tipo de pele, tudo isso pode influenciar no resultado que o perfume terá em sua pele.

* Seja comedida, utilize com moderação. A pior coisa que existe é estar numa mesma sala ou num meio de transporte ao lado de alguém que tomou “banho” de perfume. Isso incomoda profundamente as pessoas, para além de transmitir vulgaridade.

* Pequenas borrifadas nos pulsos, e em pontos estratégicos como atrás dos joelhos, no meio dos seios e uma pequena gotinha atrás da orelha são o suficiente.

* Caso prefira poderá borrifar o perfume no ar, e passar por debaixo da “nuvem” de perfume que se formará, isso ajuda quem não gosta de sentir o perfume diretamente na pele mas que gosta de se sentir perfumada.

Meus perfumes preferidos:

Tenho uma enorme lista de perfumes que adoro, apesar de não ser grande conhecedora de notas olfativas e não conseguir definir muito bem alguns aromas, tenho algums perfumes de eleição como por exemplo:

Black XS Paco Rabanne
Viktor & Rolf Flower Bomb
Lady Million Paco Rabanne
Aura Swarovsky
Escada Cherry
Rush 2 Gucci
Valentino Assoluto
Valentina
J’Adore de Dior
Robe Noire Guerlain
Insolence Guerlain
Omnia Bvlgari
Narciso Rodriguez For Her (Frasco rosa)

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

3 comentários

  1. Olá amiga

    Nunca usei nem nunca usarei perfumes. Antigamente os perfumes eram feitos de óleos essênciais naturais o que são excelentes. Tirando o nardo que vêm directamente de Israel, hoje em dia não há perfumes sem tóxicos. Os perfumes comerciais todos têm formaldeído que é um cancerígeno perigoso. Além disso são feitos de óleos essênciais sintéticos o que são extremamente tóxicos. Cada vez mais as pessoas estão se sentindo alérgicas aos perfumes devido à sua toxicidade. A mesma coisa para os cosméticos industriais.

    bjs

    • Olá amiga, que interessante.
      Eu sempre usei, mas pouco pq sempre tive enxaqueca, só consegui usar efetivamente depois q vim morar em PT, pq aqui é frio e assim consigo usar sem sentir enjôos ou dor de cabeça. Aí acabei por ficar viciada :)
      Bjs e obg pela informação q eu tb nunca tinha ouvido falar. :)

  2. Bem interessante, vários fatos ai sobre perfumes que não conhecia não! :)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios *

*


sete − = 5

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×