Terça-feira , 27 Junho 2017
Capa > Comportamento e Relacionamentos > Como lidar com a sogra

Como lidar com a sogra

2 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 2 Pin It Share 0 2 Flares ×

Dicas para boa convivência com a sogra, tem sido um dos temas mais pedidos pelas nossas leitoras nas últimas semanas. Por isso hoje o tema é direcionado a citar algumas coisinhas que talvez ajudem a melhorar esta relação que pode ser conturbada ou muito amigável, dependendo da forma como você irá lidar com os acontecimentos.

Muitas mulheres, das mais diversas faixas etárias escrevem para o nosso blog pedindo dicas para boa convivência com a sogra. Eu pessoalmente devo dizer que nunca na minha vida tive este tipo problema, ou seja, dar-me mal com a mãe de algum namorado/marido.

Acho que acima de tudo para se lidar bem com a sogra é preciso ter maturidade e compreender que ela é a mãe do seu namorado (ou do seu marido) e como tal tem um lugar especial na vida e no coração da sua cara metade. Isso não quer dizer que ela é mais importante que você ou melhor do que você em qualquer aspecto.

Isso significa que da mesma forma que você ama sua mãe, seu companheiro também ama a mãe dele e se você entrar em guerra com ela poucas chances terá de sair numa boa na história.

Antes de enumerar algumas dicas, começo por dizer que como em toda e qualquer relação, se você ainda não conheceu a sua sogra, ou sua futura sogra, ou seja, vocês ainda estão na fase inicial de namoro; a dica essencial é que respeito cabe em qualquer lugar e que a calma será sua melhor amiga neste momento.

como-lidar-com-a-sogra

 

Vamos começar pela situação onde você ainda não conheceu a mãe do rapaz:

1- Na primeira visita, vista-se de maneira sóbria. Não, não é para ir vestida de freira. É para apenas estar atenta a decotes profundos e saias e/ou shorts curtérrimos. Não custa nada ter bom senso e ser um bocadinho discreta certo?

1.2- Na primeira visita seja simpática, leve flores ou peça uma sugestão ao seu namorado sobre o que ela gostaria de receber, flores, uma sobremesa, uma lembrança, algo especial…etc.

2- Ainda na primeira visita, é a sua grande chance de falar menos e ouvir mais. Ouça, observe, seja simpática, mas observe a relação que o seu namorado tem com a mãe, bem como qual é a personalidade dela. É extravagante? Jovial? Gosta de elogios? ou é uma senhora de mais idade que adora trocar receitas e fazer trabalhos artesanais?

3- Estando atenta e observando o jeito de ser da sogra você saberá como lidar com ela, no sentido de cativar a sua simpatia gradativamente e com sinceridade. Quando aprendemos a conhecer uma pessoa, acima de tudo podemos reconhecer os defeitos e qualidades, e isso facilita muito a convivência em qualquer tipo de relacionamento. Aos poucos você irá aprendendo, a calma é muito importante para conseguir observar e captar as coisas importantes.

4- Nos primeiros encontros evite abrir-se demasiadamente e contar para sogra suas desventuras pessoais, seus traumas familiares, seus problemas com o ex-namorado, seus problemas com ex-marido, seus problemas profissionais, etc. A mesma dica vale para a cunhada, caso seu namorado tenha uma irmã.

5- Quando você se expõe demais acaba por dar “armas” e argumentos para a outra pessoa, que um dia poderão ser usados contra você. Por isso lembre-se que: Boca fechada não entra mosquito!

6- Gradativamente você poderá se aproximar da mãe do seu namorado e ir aos poucos partilhando sua vida com ela;  na minha opinião, tudo deve ser comedido, já que nem sempre as pessoas estão predispostas a nos ouvir, e quando estão, pode ser que a gente não goste nem um pouquinho do que vamos ouvir. Preserve a intimidade do casal, não conte detalhes da sua vida com o seu namorado.

A segunda situação é onde você  já conhece e convive com  a mãe do rapaz:

1- Se você já conhece a mãe do rapaz e já tem um problema “instalado” na relação entre vocês duas, o jeito é ir aos poucos mudando sua conduta para não entrar em choque com a sogra e tampouco deixar que ela perceba que você está se distanciando.

2- Nunca entre em competição com sua sogra. Quase sempre seu parceiro ficará do lado da mãe dele e achará que você não sabe compreende-la. Ela é a mãe dele e sempre será. Existem ex-mulheres, mas não existem ex-mães e nem ex-filhos. Ok?

3- Evite partilhar detalhes íntimos da vida do casal. Não dê espaço para muitas perguntas e educadamente mude de assunto ou demonstre educadamente que não gostaria de falar em determinado assunto.

4- Ao mesmo tempo que você deve preservar a intimidade do casal, convém que você dê atenção à sua sogra. Trate-a com respeito, receba-a bem e com carinho. Ouça o que ela tem para te contar, às vezes tudo que ela quer é um pouco de atenção e alguém que a ouça.

5- Algumas sogras tem por hábito querer ditar regras, ou ensinar como você deve cuidar do filho dela. Ela vai falar horas e horas que ele adora tal comida, e que gosta das camisas bem passadas e que não suporta casa suja, etc, etc. Ouça, não entre em guerra e tampouco discuta questionando-a se por acaso ela acha que você não faz as coisas certas. Ouça e filtre o que pode ser benéfico para vocês.

6- Depois do item acima, vem o item que se refere a sua “cara”. Sim, sua cara diz tudo. Não adianta calar e fazer aquela cara de raiva ou de desprezo. Tente controlar-se e agir com naturalidade. Primeiro porque se por acaso a intenção da sua sogra foi te provocar, se você disfarçar e não demonstrar seu sentimento interno com cara feia, ela perceberá que não surtiu efeito a provocação que fez. Segundo, se ela falou sem intenção de te irritar, ouça e depois faça do seu jeito, mas sem ficar com a cara feia.

7- Se você está casada e já tem filhos, por favor não coloque seus filhos contra a sua sogra. Ela é avó da mesma forma que a sua mãe também é avó dos seus filhos e como tal merece ser respeitada mesmo que você não goste dela.

8- O filho ou a filha, ou seja, o genro ou a nora é quem tem o papel principal de demarcar limites até onde a mãe pode ou não se intrometer na vida do casal. Se seu namorado ou marido tem problemas com a sua mãe (sogra dele), cabe a você conversar com a sua mãe e dizer para que ela tenha medidas e pare de se intrometer ou dar palpites. O mesmo vale para o seu namorado ou marido, cabe a ele ter uma conversa com a mãe e impor limites na intromissão, ou dizer à ela o que vocês gostam e o que vocês não gostam.

9- Demonstre respeito e carinho pela sua sogra. Em datas especiais, como Dia das Mães, Aniversário ou Natal, compre um presente que ela gostaria de ganhar, convide-a para um passeio em família, ofereça uma viagem que ela quer fazer já há tempos, ofereça uma plantinha,  um vaso de flores. Seja simpática, faça a sua parte. Você só vai ganhar pontos com o seu namorado ou marido se for carinhosa com a mãe dele.

10- Não pense que conseguirá se afastar da casa da sogra e levar com você seu namorado ou marido. Como eu disse acima, não existe ex-mãe. Ela é mãe dele e sempre será. Cuidado para não infernizar a vida do seu namorado ou marido e tentar fazer com que ele se afaste, um dia no futuro quando a mãe dele partir, ele poderá culpar você pelo afastamento que se viu obrigado a fazer.

11- Nunca peça ao seu namorado ou marido para escolher entre você e a mãe dele, ele jamais fará isso. Se tiver mesmo que fazer, é quase que 100% de certeza de que ele ficará com a mãe dele e não com você.

12- Esqueça a rede de intrigas, cunhadas, tias, irmãs, madrinhas, vizinhas, primas, comadres, etc. Não dê ouvido a fofocas de família e tampouco participe do ti-ti-ti, pode sobrar para você a fama de fofoqueira e de “menina veneno”.

13- Não tente provar que sua opinião está certa. Em qualquer relação o respeito é bem vindo, e não é porque as pessoas pensam de formas diferentes que têm de ser inimigas por toda eternidade. Ouça, observe, se achar que sua opinião é bem vida, opine, caso contrário guarde para si e siga em frente.

14- Se você trabalha fora e seus filhos ficam com a sua mãe ou com a mãe dele, mais um motivo para você ser mais do que comedida na forma de tratamento. Se sua sogra fica com os seus filhos, ela está te fazendo um favor, por isso tente ouvi-la. Agora se a sua sogra começa a tirar sua autoridade diante de seus filhos, é chegada a hora onde seu marido deverá agir e dizer como é que a criança deve ser educada na ausência de vocês. Embora ela esteja fazendo-lhes um favor de cuidar dos pequenos, os pais ainda são vocês. Agora cabe também a vocês a educarem bem os filhos de forma que eles compreendam que são os pais que educam, porém a avó deve ser respeitada e que enquanto eles estiverem na casa dela, deverão cumprir regras de comportamento.

15- Identifique assuntos tabus, ou seja, assuntos que na presença da sogra não devem ser falados. Há assuntos familiares, profissionais, doença de um familiar, o divórcio de uma cunhada, etc. Esteja atenta e evite abordar estes temas que poderão virar uma verdadeira encrenca no almoço de domingo.

16- Se depois de todas as tentativas em se dar bem com sua você ainda tiver problemas com ela, sente-se com seu namorado ou marido e diga porque você se sente mal e incomodada em relação a mãe dele. Fale, não grite, não chore, não se desespere. Converse amigávelmente! Boa sorte! ;)

2 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 2 Pin It Share 0 2 Flares ×

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios *

*


− 9 = zero

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

2 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 2 Pin It Share 0 2 Flares ×