Terça-feira , 12 Dezembro 2017
Capa > Comportamento e Relacionamentos > Ciúmes doentio o que fazer

Ciúmes doentio o que fazer

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

O ciúmes é definido por temor da perda da pessoa amada, e óbviamente envolve sempre 3 ou mais pessoas. O ciúmes é um tema quase sempre complexo porque em alguns casos envolve intrinsecamente outros tipos de sentimento como baixa auto estima, insegurança, medo, vergonha, imaturidade emocional, complexo de inferioridade, traumas de infância, etc. O assunto é alvo de muitos estudos em diversas correntes de psicologia.

Resumidamente podemos dizer que em alguns casos o ciúmes tem fundamento, ou seja, o parceiro, ou a parceira dão reais motivos para que a desconfiança se instale na relação. Atitudes como mentir em relação a horários, onde esteve, com quem esteve, o que fez ou deixou de fazer, sem dúvida que acabam por despoletar o sentimento de dúvida no parceiro que é ciumento por natureza.ciumes-doentio-o-que-fazer

Em outros caso, o ciúmes não passa de “pura fantasia” criada na cabeça do parceiro ou parceira,  que é excessivamente ciumenta (o). Por vezes apenas um atraso de meia hora é o suficiente para achar que o cônjuge está cometendo adultério, e nem sempre isso é real. A pessoa passa a  desenvolver uma paranóia e  passa a procurar “evidências” da traição em todos os lados, nas páginas das redes sociais, nos celulares, nos emails, etc.

Quem é ciumento por natureza, ou seja, quem tem o tal e famoso ciúmes doentio, não consegue muitas vezes distinguir o que é real do que é mera fantasia da mente.Começo por dizer que é essencial que o ciumento, ou seja, a pessoa que sente ciúmes tente analisar onde e como nasceu este sentimento. A primeira pergunta a se fazer, caso você seja ciumenta é: Onde e como comecei a ter este sentimento pelo “fulano”? O que ele fez que despertou em mim estas sensações?

Se você sempre foi desconfiada excessivamente, pode ser que o problema seja você e não o seu parceiro. Se este ciúmes doentio nasceu nesta relação,  porque seu parceiro deu motivos, comece a analisar como começaram a surgir as dúvidas.

O ciúmes desencadeia outros tipos de sensações como raiva, dor, tristeza, inveja, medo, depressão, sentimento de humilhação e inferioridade, comparação com a rival, ressentimento, e ainda ocasiona sensações físicas como suor excessivo, aperto no peito, pavor inexplicável, ansiedade, etc. Tudo isso passa a influenciar sua vida diária de forma imensamente negativa, já que de um momento para o outro, você se vê a passar o dia tentando descobrir onde seu namorado está ou o que ele está fazendo de errado naquele momento.

O comportamento pode também se alterar, e a pessoa ciumenta pode reagir de maneira violenta, ou obrigando o parceiro a responder questionamentos intermináveis sobre onde esteve, a que horas saiu, etc.

É muito importante estar atenta e tentar perceber, bem como ouvir as pessoas que nos cercam quando recebemos “pequenos toques” dos amigos que nos avisam que estamos nos excedendo nos ciúmes. Quem está de fora percebe melhor e pode ajudar e muito a fazer com que a pessoa ciumenta volte a realidade e se aperceba até onde o ciúmes que ela sente é normal ou beira a paranóia.

Veja abaixo alguns “sintomas” de que você sente ciúmes doentio:

1- Liga para ele o dia inteiro, ou envia mensagens o dia inteiro. Se ele demora mais do que 5 minutos para responder já acha que ele está com outra ou que está no telefone conversando com outra, por isso não lhe retornou a ligação ou não respondeu suas mensagens.

2- Liga para ele por motivos tolos com o objetivo de o controlar ou checar horários, ou onde ele está, ou para ouvir o “barulho” de fundo e tentar descobrir onde ele está.

3- Sente extrema necessidade de saber todos os horários dele, a que horas sai do trabalho, quanto tempo demora para chegar em casa, quanto tempo tem de almoço, etc.

4- Quando o encontra pergunta como foi o dia dele e quer saber com quem ele se encontrou, com quem falou, onde foi, quanto tempo ficou, e porque se atrasou.

5- Pergunta para ele se a chefe dele é jovem, bonita, casada, se tem filhos e se eles se falam muitas vezes durante o dia. Pergunta como são as colegas da faculdade, se são loiras, moredas, magras, altas, baixas, se usam perfume, que tipo de roupa vestem, etc.

6- Se ele estuda,  você quer saber quem vai participar do grupo de estudos, ou quem vai naquela visita ao museu que está marcada com o grupo da universidade.

7- Você só vai aonde ele for, e ele só pode ir aonde você for. Se um dos dois não puder ir, não vai ninguém, nem ele e nem você.

8- As armações e “artimanhas” estão sempre presentes em sua mente. Se você sabe que no próximo fim de semana ele pretende ir pescar com os amigos, você se antecipa e começa a inventar um monte de coisas para tentar evitar esta viagem.

9- Você vai ao restaurante com o seu namorado e em vez de se preocupar com o clima romântico, você se preocupa para onde sua cara metade está olhando.

10- Quando seu namorado está muito calado, você logo começa a perguntar em quem ele está pensando, ou se você fez algo errado, ou se ele conheceu outra pessoa.

11- Se o seu namorado olha para a mesa ao lado, onde tem uma garota sentada, você logo começa a dar “show”, falar alto e perguntar se ele perdeu alguma coisa na mesa ao lado.

12- Você começa a querer ficar perto de amigos e amigas dele, só para poder “puxar” conversa e descobrir algo que lhe tenha passado despercebido.

13- Se você acha que seu namorado é “seu”, lembre-se ninguém é de ninguém. Vocês estão juntos hoje, nada pode assegurar que um casal fique junto por toda a eternidade.

14- Se você acha que está sempre sendo enganada e nunca aceita a explicação do outro, ou acha que ele está sempre mentindo.

15- Se aparece uma mulher bonita na televisão e seu namorado elogia, e você logo fica espumando de raiva.

16- Se você costuma “fuçar” na carteira, nos bolsos, no carro, nas gavetas, no celular, na casa dele, na mesa de trabalho, etc.

17- Se você tem preocupação excessiva com relacionamentos afetivos anteriores, ou com o passado do rapaz e insiste em saber detalhes sobre como era a relação com a ex.

18-  Se você usa chantagens emocionais para fazer com que ele deixe de sair com os amigos ou deixe de ir a algum lugar.

Como resolver o problema de ciúmes doentio:

1- Antes de tudo, tenha uma conversa séria com o seu companheiro e/ou namorado, marido. Diga a ele como você se sente, as dúvidas que tem, as desconfianças que pairam na sua mente. Seja sincera e abra seu coração. Se você já teve esta conversa e não foi benéfico para a relação, ou seja, ele te ouviu, você disse o que sentia e ainda assim o problema do ciúmes continua sugiro que você procure ajuda de um psicólogo.

2- Um psicólogo te ajudará a aprender a se conhecer, e te ajudará a identificar os pontos principais deste problema, bem como algo que poderá não estar bem neste relacionamento. Você conseguirá analisar esta relação de forma sã e enxergar se seus ciúmes tem fundamento ou têm origem em outro ponto qualquer que você ainda não notou.

3- Ter uma vida para além deste relacionamento será muito saudável para você. Comece a fazer um curso sobre algum tema que te interesse ou algum curso de aperfeiçoamento em sua área profissional.

4- Faça atividades sozinha ou com um grupo de amigas como meditação, yoga, reiki, artesanato, artes, etc.

5- Mantenha sua vida social ativa, saia com as amigas, vá as compras, ao cabeleireiro, mantenha-se conectada com as pessoas que você gosta e que te fazem bem.

6- Evite ir atrás de fofoquinha e de pessoas que insistem em plantar “minhocas” na sua cabeça, essas pessoas não são suas amigas, se fossem não iriam te atormentar muitas vezes com apenas suposições infundadas.

7- Se o seu namorado reclama que você pega muito no pé dele, tente dar um tempo para o rapaz, ou seja, dê aquela “gelada” básica que nós mulheres sabemos dar quando queremos. Pode ser que o rapaz comece a mudar e se aperceba de que você a qualquer momento pode partir para outra.

8- Por fim e talvez você não goste do que vou falar, é que sendo ciumenta ou não sendo, controlando os horários do rapaz ou não controlando, ficando “plantada” na porta do trabalho dele, investigando a vida toda dele……não impedirá de que ele te traia. Se ele tiver que te trair, ele fará no horário e no lugar que você  menos suspeitará e muitas vezes com  uma mulher que você  nem imagina existir. Por isso relax! ;)

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos Obrigatórios *

*


7 − = quatro

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×